Onda de calor deve durar dez dias com temperaturas de 40ºC nas regiões Barreiras, Bom Jesus da Lapa e Guanambi - Bahia Expresso

Últimas


Ita melhor

sexta-feira, 10 de novembro de 2023

Onda de calor deve durar dez dias com temperaturas de 40ºC nas regiões Barreiras, Bom Jesus da Lapa e Guanambi


Foto: Isac Soares | Agência Sertão


A próxima semana na Bahia deve ficar marcada como uma das mais quentes em várias partes do estado. Com o avanço da onda de calor iniciada nesta quarta-feira (8), a massa de ar seco deve se deslocar e deixar o tempo quente por vários dias no Estado.
Alguns institutos de meteorologia e modelos meteorológicos estão apontando que o calor extremo deve durar pelo menos dez dias, atingindo em cheio as regiões de Barreiras, Bom Jesus da Lapa e Guanambi, com novas máximas próximas a 40ºC a partir do fim da semana.
O restante do estado também deve ser bem impactado, ficando apenas a faixa litorânea com temperaturas próximas da normalidade.
Os prognósticos do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Cptec/Inpe) confirmam as análises dos modelos meteorológicos feitas pela reportagem da Agência Sertão. A previsão estendida para várias cidades do estado mostra que o calor deve persistir intenso e que são baixíssimas as chances de chuvas.
Mais uma vez as cidades das margens do rio São Francisco devem voltar a registrar temperaturas muito altas, incluindo aquelas do Norte de Minas, com possibilidade de novos registros de até 43ºC, como ocorreu no município de São Romão em setembro.

Veja a previsão para os próximos dias

Alerta do Inmet

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu novos alertas por conta da onda de calor nesta sexta-feira. Um deles, de cor laranja, classificado como de período potencial, abrange pela primeira vez oito municípios da Bahia: Cocos, Coribe, Correntina, Feira da Mata, Iuiu, Jaborandi, Luís Eduardo Magalhães, Malhada e São Desidério.
A expectativa é de que este alerta seja atualizado e expandido nos próximos dias. Ele tem validade até a próxima terça-feira (14) e indica risco à saúde, com temperatura 5ºC acima da média por período de 03 até 05 dias, critério para ser caracterizada a onda de calor.
Também há um alerta laranja abrangendo 28 municípios para baixa umidade, com possibilidade de índices entre 12% e 20%.
O primeiro alerta da onda de calor no Brasil foi iniciado na quarta-feira como amarelo e foi reclassificado como vermelho, de grande, abrangendo 1.138 municípios dos estados de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Rondônia e São Paulo.
Apenas o Rio Grande do Sul e a parte Oeste do Amazonas estão em alerta para chuvas. Estas devem ser as únicas áreas do país com precipitações expressivas pelos próximos dez dias.

Veja o alerta Laranja – Baixa Umidade
Veja o alerta Laranja – Onda de Calor
Vela o alerta Vermelho – Onda de Calor

Orientações

A população deve ficar atenta às orientações das autoridades de saúde para evitar problemas de saúde causados pelo calor extremo. Entre elas, estão:Evitar exposição ao sol nas horas mais quentes do dia;
Beber bastante líquido, principalmente água;
Usar roupas leves e claras;
Usar protetor solar;
Tomar banhos regulares;
Evitar exercícios físicos pesados;
Monitorar o estado de saúde das pessoas mais vulneráveis, como idosos, crianças e pessoas com doenças crônicas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário