Nilo Coelho anuncia renúncia da Prefeitura de Guanambi - Bahia Expresso

Últimas


sexta-feira, 10 de novembro de 2023

Nilo Coelho anuncia renúncia da Prefeitura de Guanambi


                                          Reprodução

Nilo Coelho anunciou a sua renúncia da Prefeitura de Guanambi nesta sexta-feira (10). A informação foi confirmada oficialmente por meio de uma nota enviada no fim da manhã
“Tudo na vida tem um começo e um fim. Esta não é uma decisão repentina, mas fruto de uma profunda reflexão sobre o que é melhor para mim e para continuar a servir da melhor maneira à minha Guanambi que tanto amo. Quero deixar claro que se trata de um novo capítulo nesta história de amor. Pretendo buscar novas formas de contribuir para o bem-estar e progresso de minha terra”, disse no comunicado oficial sobre seu afastamento do mandato municipal
Faltando pouco menos de 14 meses para o fim do mandando, o vice Arnaldo Pereira de Azevedo, o Nal Azevedo, assumirá de forma definitiva o restante da gestão. Ambos foram eleitos pelo União Brasil.
Desde que assumiu o cargo para um quatro mandato, em 2021, Nilo Coelho, de 80 anos, tem demonstrado sinais de dificuldade para gerir o município, principalmente em razão de seu estado de saúde. Nos últimos meses ele quase não apareceu em seu gabinete ou em eventos públicos.
Sempre que participava de atos, era visível a sua dificuldade para caminhar e até mesmo para conseguir coesão em seus discursos.
Nilo deixa a vida pública após ter sido prefeito, deputado federal e governador da Bahia.

Veja a nota informando sobre a renúncia.

O ex-governador da Bahia e atual prefeito de Guanambi, Nilo Coelho, aos 80 anos, se despede da vida pública. 

“Tudo na vida tem um começo e um fim. Esta não é uma decisão repentina, mas fruto de uma profunda reflexão sobre o que é melhor para mim e para continuar a servir da melhor maneira à minha Guanambi que tanto amo. Quero deixar claro que se trata de um novo capítulo nesta história de amor. Pretendo buscar novas formas de contribuir para o bem-estar e progresso de minha terra”, disse Nilo ao comunicar oficialmente o seu desligamento do mandato municipal na manhã desta sexta-feira (10). Em seu lugar, assume o vice Arnaldo Pereira de Azevedo.

Eleito por quatro vezes prefeito, as gestões de Nilo Coelho deixaram um legado de desenvolvimento social e econômico em Guanambi. Tornaram a cidade uma das referências de pujança do Sudoeste baiano. “Eu só tenho a agradecer a confiança depositada em mim pelo povo guanambiense por todas as conquistas eleitorais. Em gratidão, sempre dei o melhor de mim e não poupei dedicação e trabalho pela minha cidade”.
A eficiência como gestor público ainda no primeiro mandato em Guanambi, eleito em 1982, despertou a atenção da política baiana para Nilo Coelho. Convidado, integrou como vice a chapa vitoriosa de Waldir Pires ao governo da Bahia em 1986. Com a renúncia de Waldir, tornou-se governador. Em um ano e 10 meses de mandato, ele construiu um volume de estradas para a integração de todo o estado, jamais feito por outro governante.
As distantes regiões do Oeste e do Extremo-Sul, enfim, foram integradas ao estado da Bahia pelas rodovias construídas por aquele que ficou conhecido como o “governador estradeiro”. Entre tantas realizações de Nilo Coelho para a ampliação da infraestrutura baiana, consta a ponte que faz a ligação entre as margens do Rio São Francisco, em Bom Jesus da Lapa.
Prefeito, deputado federal e governador, cada uma das funções públicas exercidas por Nilo Coelho foi com a coragem, a força e a determinação de um sertanejo comprometido em servir ao seu povo e apaixonado por sua terra: Guanambi, Bahia.

“Quero expressar meu mais profundo agradecimento por todo o apoio, confiança e oportunidade de servir à minha amada Guanambi e a Bahia. Tenho imenso orgulho de tudo que conquistamos juntos. Cada desafio enfrentado e cada vitória alcançada foi fruto de um esforço coletivo. Estejam certos de que permaneço comprometido com as causas que defendemos juntos”, assinalou Nilo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário