ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Itabuna: Denúncias de irregularidades podem levar Augusto Castro a afastar Aldo Rebouças da FICC




A realização de um show musical no Banco Raso, na noite da última sexta-feira, dia 21, agravou, ainda mais, a situação do contabilista Clodoaldo Rebouças na Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania. O evento de caráter particular, se estendeu até o início da manhã do sábado, teve uma repercussão negativa na cidade e teria sido organizada por uma empresa de propriedade do presidente da FICC. A denúncia está sendo levada ao Ministério Público por moradores do bairro, empresários e artistas locais, que pedem ao prefeito Augusto Castro o afastamento do dirigente.
Intitulado Rolê de Milhões, o show ocorreu na chamada Arena Itabuna, localizada a lado da Prefeitura. Reuniu artistas como Thiago Aquino, Filipe Escandurras, Larissa Gomes e O Tubarão, e recebeu reclamação de moradores inúmeros bairros – dentre eles Jardim Vitória, Zildolândia, Góes Calmon, Santo Antônio, Conceição, Pontalzinho – em relação à altura do som. No Banco Raso e no BHN, as queixas foram relacionadas a participação de menores ingerindo bebidas, consumo de drogas, sexo em via pública e o uso de paredões até às oito e meia da manhã do sábado. Furtos de celulares e de veículos também foram registrados.
Aldo Rebouças é arrendatário de uma área no Banco Raso, de propriedade da família Kaufman, onde ocorreu o show as última sexta-feira. Na condição de presidente da FICC, ele defende que a realização do “ItaPedro seja realizada no local, denominado Arena Itabuna. A festa prevista para ocorrer de 29 junho a 03 de julho, vai abrir a programação dos 112 anos de Itabuna. Segundo Augusto Castro, pelo menos quatro grandes atrações nacionais no segmento forró deverão participar. Artistas itabunenses e de bandas regionais também vão se apresentar.
O prefeito de Itabuna já decidiu que a ItaPedro será realizada na praça Pastor Hélio Lourença da Silva. Mais conhecida como praça antiga Cotef, porque ali funcionou a clínica de ortopédica itabunense, o local é também denominado de praça do Cacau. Em uma análise preliminar, realizada, técnicos da Secretaria de Segurança e Ordem Pública aprovaram a proposta de Augusto Castro de realizar os festejos juninos deste ano de Itabuna na avenida Aziz Maron.
O presidente da FICC teria participação na casa de show Bora, localizada avenida J.S. Pinheiro, que aparecem como donos Diego Carvalho e Guto Lima. Coincidentemente, todos os artistas que estão se apresentando na Arena Itabuna e na Bora – La Fúria, Thiago Aguiar, O Tubarão, Larissa Gomes, Felipe Escandurras – estão sendo anunciados para participar da ItaPedro. No entanto, a banda itabunense Cacau com Leite, uma das mais tradicionais do São João do nordeste, não está na programação.
No momento, são graves as denúncias de irregularidades administrativas praticadas por Aldo Rebouças à frente da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania. Investigado pelo Ministério Público em 2020 – durante o governo do prefeito Fernando Gomes – o atual presidente da entidade está sendo acusado de usar a estrutura da fundação em favor de suas empresas. Rebouças é acusado também de incluir seus funcionários na lista de pagamento de salário da FICC e usar a condição de gestor publico para se beneficiar em contratos particulares.
Contabilista por formação, Clodoaldo Rebouças é presidente da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania desde o início da atual administração. Por tentar assumiu uma postura supersecretário ou assessor geral do Augusto Castro, ele colecionou ao longos dos últimos dezesseis meses inúmeros desafetos dentro e fora do governo: desde profissionais do setor de Comunicação a secretários municipais, passando por cantores, poetas, membros do Consulto de Políticas Culturais e profissionais de Imprensa locais. Hoje, são pouquíssimo integrantes do primeiro escalão que apoiam o dirigente da FICC.

O site abre espaço ao direito de resposta.


Escrita por: Escrito por: Ederivaldo Benedito - Informação ágil, texto leve, comentário objetivo
Notícia da Categoria: DESTAQUE

Nenhum comentário