ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Câmara de Ibicaraí discute infraestrutura e cobra Caixa Econômica sobre obra da avenida principal

Texto. Letícia Brito
Foto: Billy Guimarães

Às 18 horas, da última segunda-feira (23), os vereadores ibicaraienses reuniram-se para mais uma Sessão Ordinária da Câmara Municipal. Iniciando a reunião, o diretor legislativo, Moisés Messias, realizou a leitura do resumo da ata da sessão anterior e a mesma foi aprovada, em votação, por unanimidade.
Abrindo a série de discursos do dia, o primeiro vereador a utilizar a tribuna foi Ednaldo Santos (Lió), que iniciou saudando a todos os presentes no plenário. Em seguida convocou a todos os Ibicaraienses a tomarem a vacina da Covid19, que seria aplicada na terça- feira, no Calçadão Dagmar Pinto. Criticou a secretaria de infraestrutura, por não ter atendido ao seu pedido sobre o calcetamento da Travessa Novo Horizonte e solicitou que a mesma secretaria fizesse uma nova visita à área.
Logo após, o vereador Aroldo de Melo deu início a sua fala parabenizando os vereadores por estarem cumprindo com a sua função. O vereador pediu para que os moradores do Bairro Delfino Guedes preservassem o bem da comunidade que são as praças públicas. Solicitou, também, que os vereadores pedissem, juntamente, a pavimentação de algumas ruas do Bairro Delfino Guedes. Solicitou que a secretaria de infraestrutura fizesse uma visita no bairro Bela Vista. Ao finalizar o seu discurso, agradeceu a gestão por ter dado início à manutenção de algumas estradas vicinais.
Em seguida, o vereador José Soares (Duarte), iniciou sua fala elogiando os profissionais das áreas de Assistência Social e Psicologia, a respeito do projeto de lei n. 018/2021. Esclareceu sobre estar cobrando da Caixa Econômica Federal local, através de ofícios, uma resposta sobre a obra da avenida principal. Criticou a gestão sobre indicações para pinturas das faixas de pedestres e quebra-molas que não foram atendidas por falta de verbas.
Jonathas foi o próximo vereador a se manifestar, solicitando da gestão um retorno em resposta ao oficio encaminhado referente à reforma tributária, que foi solicitado logo após uma reunião das comissões. Deu ênfase para que seja realizada a cobrança à Caixa Econômica, por obras inacabadas, como a pavimentação do cajueiro, e questionou as falhas da Caixa a respeito da falta de respostas sobre todos as obras inacabadas. Elogiou a obra que está sendo realizada na Vila Felicidade, próxima a fábrica de chocolate. Finalizou elogiando o projeto de lei n. 018/2021.
Através do uso da Tribuna Popular, a última a se manifestar foi a assistente social Alana, que anteriormente, através de ofício, havia solicitado o uso da tribuna para complementar a fala da psicóloga Carla, sobre o projeto de lei n. 018/2021. Deu início lendo uma passagem bíblica, discorreu sobre a importância do projeto e, para finalizar, agradeceu a todos os vereadores por terem votado no mesmo projeto já citado.
Não havendo mais nada a tratar, o presidente Leonardo Alves agradeceu a presença de todos e encerrou a sessão, ao mesmo tempo, convidando a todos para participar da próxima, que acontecerá no dia 30 de agosto.

















Nenhum comentário