ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Estudo russo aponta que vacina Sputnik V tem 97,6% de eficácia contra a Covid-19


 


Um estudo russo mostrou que a vacina Sputnik V tem uma eficácia de 97,6 % na prática. O resultado da pesquisa foi divulgado nesta segunda-feira (19) pelo Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia de Gamaleya do Ministério da Saúde da Federação Russa e o Fundo Russo de Investimento Direto (RDIF)
“Dados publicados pelo jornal médico The Lancet demonstraram a eficácia da Sputnik V em 91,6%. A análise dos dados da taxa de infecção de quase 4 milhões de pessoas vacinadas na Rússia mostra que a eficácia da vacina é ainda maior, chegando a 97,6%. Esses dados confirmam que a Sputnik V apresenta uma das melhores taxas de proteção contra o coronavírus entre todas as vacinas.”, disse Kirill Dmitriev, CEO do RDIF, em comunicado.
O estudo russo envolveu 3,8 milhões de pessoas vacinadas na Rússia com a Sputnik V entre dezembro de 2020 e março de 2021. A pesquisa também mostrou que a taxa de infecção a partir do 35º da data da primeira dose foi somente de 0,027%.
O Fundo Russo ainda informou que o estudo será publicado em uma revista médica em maio depois que os dados e cálculos da eficácia da vacina forem revisados. Vale ressaltar que uma pesquisa só é publicada em uma revista científica quando as informações forem revisados e validados por outros cientistas.
A Sputnik V já teve seu uso autorizado em 60 países. No Brasil, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) ainda não emitiu autorização para importação da vacina russa.

Nenhum comentário