ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Argentina é convocada para Copa América: vai ter Messi na Fonte


A seleção da Argentina está convocada para a disputa da Copa América, que será realizada no Brasil de 14 de junho a 7 de julho. Sem grandes surpresas, a lista contém o craque Lionel Messi e o também atacante Agüero, do Manchester City, enquanto Icardi, da Inter de Milão, é a ausência mais sentida.
Com a convocação, Messi jogará em Salvador pela primeira vez. Será no dia 15, às 19h, contra a Colômbia, na Fonte Nova. Os ingressos estão esgotados. Messi, Di María e Agüero são os remanescentes da “velha guarda” da seleção argentina que perdeu três finais seguidas: a da Copa do Mundo de 2014, no Brasil, e das edições de 2015 e 2016 da Copa América.
A Argentina está no grupo B da Copa América, junto com Colômbia, Paraguai e Catar. Os argentinos enfrentam os paraguaios no dia 19, no Mineirão, em Belo Horizonte, e terminam a primeira fase contra o Catar, no dia 23, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre.
Agüero não era chamado desde a Copa do Mundo, mas pesou a temporada em alto nível pelo Manchester City, em que marcou 32 gols em 46 jogos, além de ter sido artilheiro do Campeonato Inglês. Di María, do PSG, também não era convocado desde o fracasso nas oitavas de final do Mundial na Rússia. Já Icardi pagou um preço alto pelo período de afastamento na Inter de Milão, que ele voltou a defender recentemente depois de entrar em conflito com o clube no processo de renovação de contrato.
“Acreditamos que são os melhores jogadores que consideramos para este momento, um momento importante da seleção. Alguns ficaram fora por lesão, mas sempre estiveram em consideração”, comentou o técnico Lionel Scaloni. “Quando se tem tantos jogadores de alto nível para escolher, sempre há dúvidas. Agradar a todos é difícil, mas a decisão final sempre é pensando no melhor para a equipe”, justificou.
O zagueiro Kannemann, do Grêmio, ficou de fora devido a uma lesão nas costas. Outros que chegaram a ser convocados por Scaloni durante a preparação e não constam na lista final são o lateral direito Gabriel Mercado e o meia-atacante Ángel Correa.

A PROVÁVEL ESCALAÇÃO TITULAR TEM: ARMANI (ANDRADA), SARAVIA, PEZZELLA, OTAMENDI E TAGLIAFICO; PAREDES, LO CELSO, PALACIOS E DI MARÍA (PEREYRA); MESSI E AGÜERO.

A Argentina enfrenta um jejum de 26 anos sem título com a seleção principal. O último conquistado foi a Copa América de 1993. A seleção começará os treinamentos na próxima segunda-feira (27). 

Confira os 23 convocados da Argentina:

Goleiros:

Esteban Andrada (Boca Juniors)
Franco Armani (River Plate)
Agustín Marchesín (América-MEX)

Laterais:

Renzo Saravia (Racing)
Marcos Acuña (Sporting)
Nicolás Tagliafico (Ajax)
Milton Casco (River Plate)

Zagueiros:

Nicolás Otamendi (Manchester City)
Juan Foyth (Tottenham)
Germán Pezzella (Fiorentina)
Ramiro Funes Mori (Villarreal)

Volantes:

Leandro Paredes (PSG)
Guido Rodríguez (América-MEX)

Meias:

Rodrigo De Paul (Udinese)
Roberto Pereyra (Watford)
Giovani Lo Celso (Betis)
Ángel Di María (PSG)
Exequiel Palacios (River Plate)

Atacantes:

Lionel Messi (Barcelona)
Sergio Agüero (Manchester City)
Paulo Dybala (Juventus)
Matías Suárez (River Plate)
Lautaro Martínez (Inter de Milão)

Nenhum comentário