Prefeito de Baixa Grande extrapola em gastos com pessoal e é punido pelo TCM - Bahia Expresso

Últimas


Ita melhor

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Prefeito de Baixa Grande extrapola em gastos com pessoal e é punido pelo TCM

Após extrapolar o limite de gastos com pessoal em 2015, o prefeito de Baixa Grande, Pedro Lima Neto, foi multado em mais de R$ 25 mil pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) da Bahia por conta das irregularidades. 

Na sessão desta quinta-feira (20), a Corte determinou ainda o ressarcimento aos cofres municipais da quantia de R$9.618,09, com recursos pessoais, sendo R$8.459,64 pelo pagamento de despesas em valores superiores aos estabelecidos nos contratos e R$1.158,45 devido a despesas ilegítimas com juros e multas por atraso de pagamentos.
A administração promoveu gastos no montante de R$21.652.960,67, equivalente a 61,74% da receita corrente líquida, quando o máximo permitido é 54%. Além disso, o gestor deixou de adotar as medidas cabíveis para a redução desses gastos, mesmo após advertência do TCM. Ainda cabe recuso da decisão que rejeitou as contas do prefeito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário