CNMP afasta promotor investigado por corrupção na Bahia - Bahia Expresso

Últimas


Ita melhor

quinta-feira, 13 de julho de 2023

CNMP afasta promotor investigado por corrupção na Bahia

Decisão consta no Diário Eletrônico do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP)


O promotor de Justiça Everardo Yunes e sua esposa, a advogada Fernanda Manhente, movimentaram mais de R$ 11 milhões em menos de um ano, segundo relatório de inteligência financeira da “Operação Kauterion”, deflagrada em setembro 2021.
O casal é acusado de corrupção passiva e lavagem de dinheiro por supostamente tentar extorquir uma empresária da região de Camaçari.
Na ocasião, Yunes foi afastado do exercício das funções públicas pelo período de um ano e foi proibido de acessar dependências do Ministério Público do Estado da Bahia (MPE-BA), seguindo determinação do desembargador Mario Hirs, da Seção Criminal do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA).
No período entre janeiro de 2015 e fevereiro de 2020, foram registradas movimentações financeiras de R$ 448,8 mil em 55 transações creditadas, em depósitos em espécie, totalizando 50,46% (R$ 111.899,00). Os valores, segundo as investigações, foram creditados por empresas do ramo imobiliário da região de Camaçari, nos períodos em que Termos de Ajustamento de Conduta (TACs) foram efetuados com as empresas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário