ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Ilhéus: Prefeitura e IFBA vão ofertar qualificação profissional de MEI à beneficiários do Auxílio BR

 


Uma parceria entre a Prefeitura e o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA) vai fomentar cursos de qualificação profissional de microempreendedor Individual (MEI), com 500 vagas para Ilhéus em 2022. A iniciativa inclui uma  bolsa estudantil para jovens de 18 anos ou mais com ensino fundamental completo, beneficiários do Programa Auxílio Brasil, antigo Bolsa Família. O anúncio foi feito na manhã desta quarta-feira, 16, pela secretária de Desenvolvimento Econômico e Inovação (SDE), Soane Galvão, e Rubenilton Silva, titular de Promoção Social e Combate à Pobreza (SPS), durante reunião para organizar essa linha de oferta do Qualifica Mais Progredir na cidade, com a coordenadora de Polo do Campus Ilhéus do IFBA, Ianna Cerqueira Valiensi. Ao todo, serão 3 ofertas em 2022, sendo a primeira de abril a junho, com cinco turmas. 

 “Essa qualificação é de grande importância para os nossos jovens e pessoas beneficiárias do Auxílio Brasil, que necessitam adquirir conhecimentos para desenvolver o empreendedorismo, gerar sua própria renda e melhorar de vida. O prefeito Mário Alexandre autorizou a realização desse curso que vai ajudar muito aqueles que têm a vontade de construir uma nova história por meio do microempreendedorismo individual. Vemos essa iniciativa como uma ferramenta para o fomentar o desenvolvimento econômico e social”, declarou a titular da SDE, Soane Galvão.

As 500 vagas serão distribuídas em 17 turmas em 2022, com trinta estudantes cada turma, e por meio de três ofertas ao longo do ano, sendo a primeira oferta de abril a junho com 5 turmas; a segunda oferta, de julho a setembro com 6 turmas; e a terceira oferta de outubro a dezembro, com 6 turmas. Com duração de 160 horas ao todo, o curso acontecerá por meio de aulas presenciais. A bolsa estudantil será no valor de R$ 3,75 hora/aula, condicionada a frequência e liberação de recursos pelo Ministério da Educação e Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (MEC/SETEC).

De acordo com o secretário Rubenilton Silva, as vagas remanescentes serão ofertadas a pessoas inscritas no CadÚnico com ensino fundamental completo e com mais de 18 anos de idade, inclusive, pela família dos beneficiários do Programa Auxílio Brasil. “Estamos definindo os locais para a oferta dos cursos que serão divulgados em breve e fazendo a triagem por meio do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) para a mobilização dos alunos que preenchem os requisitos, mediante o lançamento do edital pelo IFBA. Sem dúvidas, uma capacitação que vai fazer a diferença na vida de centenas de pessoas”, destacou.




Nenhum comentário