ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Entramos na era da futilidade

 


Cresci ouvindo dizer que o mundo estaria entrando na Era de Aquário, saindo da Era do Patriarcado, onde a figura do masculino e a opressão do feminino estavam chegando ao fim, finalmente o mundo entraria em uma fase de grandes mudanças.
Vejo que essa mudança no mundo chegou com a internet e as tecnologias 4 e 5G que carregamos na mão, nos dando informações contínuas a cada segundo.
É notório que lutas pelo empoderamento feminino, a igualdade racial, a identidade de gênero e a orientação sexual de cada indivíduo abalou com os pilares da moralidade social, e o conservadorismo no mundo vive um momento delicado. Existe sim uma mudança!

Esses temas apontam para um novo caminho da humanidade, e segundo Eduardo Marinho, não viveremos para ver o mundo evoluído, mas, veremos o mundo evoluindo. Essas mudanças são a evolução da humanidade?
Eu, particularmente, esperava mais, principalmente dessa nova geração que, diferente da minha, tem muita informação e conhecimento. O problema é que a futilidade tem imperado no nosso cotidiano.
Estamos em um momento de grandes e reais descobertas e infelizmente nossa juventude virou a geração TikTok, Instagram, Twitter, de informações fúteis e cancelamentos. Jovens têm ganhado milhões de seguidores e feito fortunas nas redes sociais, ostentando roupas e carros caros, fazendo dancinhas, arrotando bobagens ou simplesmente fazendo nudes.
Fico a imaginar o que seria do nosso mundo se Albert Einstein, Nikola Tesla, Thomas Edison e tantos outros gênios tivessem acesso a quantidade de informação que temos hoje. Acredito que teríamos um mundo melhor, com mais soluções e menos futilidades.
Precisamos usar mais todo esse conhecimento que o Nosso Criador tem nos disponibilizado de uma forma mais útil para a humanidade. Substituindo o cancelamento pelo conhecimento compartilhado.
Essa geração precisa começar a pensar em soluções para o desmatamento, o aquecimento global, o controle de natalidade, a falta de alimento e água potável no mundo e a briga insana pelo poder. Estamos caminhando a passos largos para CANCELAR O MUNDO QUE VIVEMOS.

ARNOLD COELHO

Tentando não ser fútil

Nenhum comentário