ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Quando a oposição não encontra nada para criticar, só lhe resta ser bonachona

 


Circula nas redes sociais um vídeo curto, que mostra a inauguração de um restaurante em Ilhéus, onde aparecem a prefeita de Ibicaraí e o assessor de imprensa do município, elogiando a inauguração do local.

Até aí nada demais.

O que chama a atenção é uma frase que fica se repetindo durante o vídeo e que pergunta: "quem paga a conta?".
À oposição que não encontra nada para criticar, com seriedade, no governo de Monalisa Tavares, só resta os ataques pessoais à gestora e aos seus assessores.
Quer o vídeo, tristemente editado, transparecer que prefeita e assessor fazem uso de dinheiro ilícito para pagar pelos seus gastos.
Ora, o salário da prefeita e salário do assessor são suficientes para pagar uma conta de um restaurante. Isso não é novidade ou algo oculto, pois tais salários são aprovados por lei e se podem verificar, facilmente, no Portal da Transparência, no site oficial da Prefeitura Municipal de Ibicaraí.
É evidente que, com tais salários, é possível, sim, ir à inauguração de um restaurante, em cidade vizinha.
A oposição não tem armas para atacar, por isso tentar criar narrativas falsas e maldosas, buscando jogar a população contra Monalisa.
O anonimato de quem faz essas falsas acusações revela o mau caráter dos que foram rejeitados nas urnas, além da falta de coragem para assinar as ditas críticas.
É preciso, sempre, ter credibilidade, seja no governo, seja fora dele.
Futricas, recalques, invejas e fakes news são, somente, o que os derrotados têm para oferecer.

Nenhum comentário