ÚLTIMAS NOTÍCIAS

BARRO PRETO FM COBRA TRANSPARÊNCIA NAS AÇÕES DE VACINAÇÃO CONTRA COVID-19 NO MUNICÍPIO




Com base nos dados publicados pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia no dia de hoje, 28/1, a cidade de Barro Preto recebeu no dia 20/1, 97 doses do imunizante CoronaVac e até a presente data, apenas 43 pessoas, oficialmente, "aparecem" como imunizadas no nosso município. A reportagem da Barro Preto FM teve acesso a uma lista com alguns nomes dos já vacinados nessa 1ª fase, por essa lista, constatamos que no dia de hoje, 28, foram vacinados 22 profissionais da saúde.



Lista de vacinados pela Secretária de Saúde


Para podermos divulgar as informações de forma correta e transparente para a população, a Barro Preto FM, tem solicitado nos diversos programas a presença da Sra. Secretária de Saúde do município, Jaqueline Mota, ou outro servidor municipal, para assim, dar maiores esclarecimentos em relação ao Plano Municipal de Vacinação – Covid19.
A Prefeitura de Barro Preto, publicou em suas redes sociais no dia 20 de janeiro a chegada da vacina e o início imediato da vacinação, mas até o presente momento não foram divulgadas quantos servidores e tampouco quem são os servidores da saúde que já receberam a 1ª dose da vacina.



Início da vacinação no município.

Se faz necessária nesse momento de tanta ansiedade da população que a prefeitura torne transparente a vacinação da população contra a Covid-19 em Barro Preto, divulgando o nome, local de trabalho e função de cada um dos vacinados a receberem as primeiras doses do imunizante na cidade.
Importante que o poder público municipal disponibilize essas informações, para assim, diminuir a ansiedade da população e até mesmo, fiscalizar e denunciar possíveis irregularidades na distribuição do imunizante.
No nosso entendimento, a população tem o direito de ter acesso às informações e se de fato estão sendo obedecidos os critérios de prioridade na distribuição das poucas doses da vacina CoronaVAc que vieram para Barro Preto.

Publicação de dados pelo Governo da Estado.

Nenhum comentário