ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Ilhéus puxa a lista das prefeituras com contas rejeitadas no TCM



Prefeitos com contas rejeitadas.

O número de contas de prefeitos rejeitadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) referentes a 2016 é o maior dos últimos 27 anos. Dos 382 casos de 2016 julgados pela Corte até agora, 207 foram reprovados devido a irregularidades cometidas pelos prefeitos, enquanto 166 tiveram parecer pela aprovação. Ainda faltam ser apreciadas 35 contas de 2016, ano financeiro mais recente apreciado pelo TCM. 
Dentre os principais motivos que levam à rejeição estão os casos em que os gastos superam as receitas, o descumprimento do limite de despesa com pessoal e o não pagamento de multas impostas pela Corte. 
Dentre as dez maiores cidades da Bahia, quatro tiveram as contas de 2016 rejeitadas. A primeira é Ilhéus, que era governada à época por Jabes Ribeiro (PP). Em seguida aparece Itabuna, de Cleudevane Leite (PRB), Isaac Carvalho, de Juazeiro (PCdoB), Lauro de Freitas, de Márcio Paiva (PP) e João Bosco (PT), de Teixeira de Freitas, completam a lista. Todos já deixaram as prefeituras.

Nenhum comentário