ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Homem com Alzheimer esquece que é casado e pede a mão da própria esposa

 
Apesar da consequência de se esquecer de fatos da vida cotidiana por causa do Alzheimer, um norte-americano teve a oportunidade de reviver algo inusitado. Peter e Lisa Marshall celebraram o amor do casal por mais uma vez em uma cerimônia, depois de ele se esquecer que era casado.
Peter foi diagnosticado em 2018, aos 53 anos, e tem os cuidados de sua esposa desde então. Ambos vivem no estado americano de Connecticut. Lisa Marshall contou à revista People que não tinha muito conhecimento sobre a doença e que acreditava que idosos de 80 anos poderiam ser diagnosticados com Alzheimer. A doença causa, além da perda de memória, sintomas como depressão, alterações de humor, irritabilidade e até mesmo delírios.
Ano passado, quando os dois estavam em frente à televisão, ao assistir a uma cena de casamento, Peter perguntou se Lisa gostaria de casar com ele. Na hora, ele esqueceu que já estava casado com Lisa havia 11 anos. "Eu disse, 'o quê?' e ele apontou para a TV. 'Você quer casar? Ele então disse que sim com um grande sorriso no rosto", contou Lisa para a imprensa local. "Ele não sabia que eu era sua esposa, eu era apenas sua pessoa favorita", contou.
Lisa gostou da ideia de casar novamente com Peter e, no dia 26 de abril, o casal renovou seus votos na frente de familiares e amigos. "Não tinha um olho seco, e eu estava na lua. Não via Peter tão feliz há muito tempo", contou lisa para o canal de notícias WNBC. Ao assumir a responsabilidade de cuidar de seu marido, Lisa decidiu compartilhar toda sua jornada cheia de desafios pelo Facebook, na página "Oh Hello Alzheimer" (Oh, olá Alzheimer, em tradução literal para o português). Casados há 12 anos, eles disseram para a WNBC que a união perseverou graças ao forte vínculo que ambos têm um com o outro. A cerimônia especial contou ainda com a ajuda de Sarah Brehant, filha de Lisa, que tem uma empresa para planejamento de casamentos. "Sabia que meu padrasto passou por alguns momentos difíceis na vida. Ele significa muito para mim e minha mãe é minha melhor amiga, então fiquei orgulhosa de assumir um papel tão importante", disse Sarah ao jornal Washington Post.

Fonte: Uol

Nenhum comentário