ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Encontro discute a programação pactuada e integrada do SUS com gestores municipais de saúde

A secretária de Saúde de Itabuna, Lívia Mendes Aguiar, e os secretários e gestores de Saúde dos municípios pactuados no Sistema Único de Saúde (SUS) debateram hoje, dia 26, os principais pontos da Programação Pactuada e Integrada (PPI) e de assistência à saúde. O encontro foi realizado no auditório da Faculdade Santo Agostinho.
O evento teve como destaque o Projeto Glaucoma, que visa oferecer maior acessibilidade aos serviços e tratamento da doença. O dia 26 de maio, marca o Dia Nacional de Combate ao Glaucoma, doença silenciosa que, se não for tratada a tempo pode levar a perda completa da visão.
Segundo a secretária Lívia Mendes Aguiar as reuniões têm pautas da saúde para que os gestores atuem em concordância e em comum acordo nas decisões que afetam todos os municípios. Para ela, “no encontro de hoje, por exemplo, se definiram ações pactuadas e conjuntas de assistência à saúde, exemplo do Projeto Glaucoma”.
“Esses momentos são de suma importância para que cada secretário traga suas demandas, suas dificuldades e assim, possamos discutir, avaliar e trazer soluções em conjunto, para a melhoria da assistência em cada município”, pontuou.
A coordenadora da Comissão de Intergestores Regionais (CIR) e secretária de Saúde de Itapé, Andréa Lea, também destacou a importância do encontro. “Estamos unidos em um momento ímpar, para que possamos entender com mais clareza a respeito da PPI e tentar juntos, de forma unificada, pactuar alguns acordos e deliberações”, explicou, acrescentando que “percebemos na que Secretaria de Saúde de Itabuna um desejo grande de mudança e de caminhar junto conosco em prol da saúde dos nossos municípios”, afirmou.

A Programação Pactuada e Integrada (PPI) é um instrumento que facilita o acesso da população às ações de saúde, garantindo serviços a serem executados pela rede de Saúde pública no município, no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). No total são 22 municípios circunvizinhos pactuados à Itabuna.

Nenhum comentário