ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Barro Preto: Um Conto de Fadas


O povo de Barro Preto enfrentou uma disputada eleição. Juraci da Saúde, do PP, foi eleito derrotando a então prefeita Ana Paula. Foi a campanha das promessas, onde, na narrativa dos marqueteiros, Barro Preto íris viver um Conto de Fadas e seria o reino encantado onde tudo da iria certo.
Não demorou e a pobre da vice, que tanto secou as canelas fazendo campanha ao lado de Juraci, foi defenestrada e hoje vive um isolamento político injusto, mas que deixou à mostra a verdadeira face do atual prefeito, pois, em todo conto de fadas, existe alguém que se acha o rei do Lugar.

Às vezes os contos de fada trazem o Dragão que solta fogo e não perdoa ninguém. Assim tem sido com os servidores municipais, que têm passado dias de ferro e fogo, pois, seu antigo colega de trabalho, hoje se esqueceu do valor que tem o servidor público.
A Câmara de Vereadores assiste a tudo de camarote, com seus parentes e cabos eleitorais empregados e recebendo os mimos que lhes fornece o prefeito.
Já o povão vai ser sempre o povão: vota, faz campanha, briga, chora, rasga bandeira, fica todo suado na caminhada, sobe em caminhão velho nas carreatas e sonha, sonha, sonha com o Conto de Fadas.
Mas quando passa a eleição vê que foi tudo um sonho, uma estória escrita para ninar quem tem fome, medo e não tem onde reclinar a cabeça. O povo desperta do sonho, olha e só vê bruxas, ogros, goblins, corvos, dragões e toda espécie de coisa ruim.
Os empregos que todos esperavam vão para quem nem ralou a sala da sandália na caminhada. Os cargos de bons salários vão para os que moram fora de Barro Preto, afinal o PP Partido Progressistas, que deu a legenda para o prefeito, precisa empregar gente de outras cidades, caso contrário, como é que os deputados irão se re-eleger?
E o pai de família que foi em busca de uma ajuda na prefeitura, ontem, e não conseguiu nem um sorriso, quem dirá a ajuda, passa por outro igual a si e dispara:

- É, cumpadi. Nóis era feliz e num sabia!

Nenhum comentário