ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Augusto Castro diz que é boa iniciativa que fomenta a economia e gera empregos



“Itabuna é um polo regional nas áreas de prestação de serviços, no comércio e na indústria, através das faculdades e universidades, temos mão de obra qualificada e força de nossa gente é uma marca, na área da saúde somos referência. Portanto, é boa a iniciativa para debatermos como fomentar a economia de nossa cidade, inclusive gerar novos empregos mesmo com a pandemia, recessão e a crise que vivemos no país. Mas temos homens e mulheres em Itabuna que se dedicam ao trabalho e querem empreender”
A declaração foi dada pelo prefeito Augusto Castro (PSD) na noite desta quarta-feira, dia 12, no Teatro Municipal Candinha Dórea, ao saudar os participantes de um debate sobre os efeitos da pandemia nos micro e pequenos empresários no âmbito do Projeto Itabuna Empreendedora que na fase 1 abordou a oferta de crédito pelas instituições financeiras.
“Profissionais e jovens egressos das instituições de nível superior e médio necessitam de oportunidades”, disse o prefeito, acrescentando que tem buscado gerar boas notícias e fatos para a região, tendo destacado a visita do governador Rui Costa que anunciou um pacote de obras para Itabuna na semana passada.
“Depois de 2017, da disputa política, enfim vai sair a duplicação da rodovia Ilhéus – Itabuna. Estamos trabalhando com uma visão ampliada, com outros municípios, para que se gere emprego e renda e nisso vamos contar com o apoio do Sebrae, com quem assinamos o protocolo Cidades Empreendedoras”, afirmou. Para Augusto, é papel do poder público juntar atores e organizar o debate para que as empresas tenham acesso ao crédito, para a geração de empregos e oportunidades.
O encontro foi aberto pelo secretário de Indústria, Comércio, Emprego e Renda, Ricardo Xavier, que destacou a importância da injeção de crédito como uma das saídas mais importantes para que as micro e pequenas empresas consigam se manter no mercado em tempos tão difíceis, agravados pela pandemia do novo coronavírus.
O gerente da agência do Banco do Nordeste, Tales Messias, disse que mesmo com a pandemia a instituição ampliou sua participação no mercado de micro e pequenas empresas com investimentos de cerca de R$ 42 milhões em micro e pequenas empresas em recursos do Fundo Constitucional do Nordeste (FNE) enquanto no microcrédito foram R$ 12 milhões beneficiando também o município.
O evento marcou o reforço da parceria entre o Sebrae e a Prefeitura no Programa Cidades Empreendedoras. Além da fala do analista do órgão de consultoria empresarial Michel Lima, aconteceu uma palestra da consultora Naiara Souza, com a presença de representantes do Banco do Nordeste, Banco do Brasil, Desenbahia e Sicredi.
A secretária de Planejamento, Sônia Fontes, anunciou que a Prefeitura está trabalhando em projetos para incentivar o desenvolvimento empresarial, enquanto o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas , Carlos Leahy, saudou o evento pela oportunidade de colocar frente a frente as instituições de crédito e parte do empresariado das micro e pequenas empresas e microempreendedores individuais.





Nenhum comentário