ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Vera Cruz: Obra ilegal que devastou Área de Preservação é investigada pelo MP





A construção irregular e inacabada de um condomínio residencial em Área de Preservação Permanente (APP), em Vera Cruz, na Região Metropolitana de Salvador, é investigada pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA). O inquérito civil foi instaurado na 2ª Promotoria de Justiça da Comarca de Itaparica. Para implantação do empreendimento, a Bahiana Engenharia Ltda desmatou uma área de aproximadamente três hectares de forma ilegal, em 2015. 
O terreno foi dividido em 90 lotes e uma estrada com cerca de oito quilômetros, que liga a BA-001 ao subdistrito da Gamboa e a Mar Grande, foi construída. Além do MP-BA, o caso também foi denunciado pela Associação de Amigos de Mar Grande (AAMG) ao Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) e prefeitura, que embargou a obra naquele mesmo ano. Técnicos do Inema constataram que a via foi construída em área úmida e que houve supressão de vegetação. 
Procurada, a atual gestão municipal informou à reportagem que aguarda a citação do Ministério Público para notificar a construtora. A prefeitura também detalhou que, em 2017, ela foi notificada pelo Ministério Público para saber se a empresa continuava com a obra, mas foi verificado que a construção estava paralisada. A pedido do MP, a prefeitura disse que questionou a empresa sobre a continuidade, mas foi informada pela Bahiana Engenharia que não tinha mais interesse.

Outro lado
A reportagem tentou contato com a Bahiana Engenharia Ltda mas as chamadas não foram atendidas.

Nenhum comentário