Saúde de Itapetinga é avaliada com nota 9,46 no Previne Brasil - Bahia Expresso

Últimas


Ita melhor

quarta-feira, 7 de junho de 2023

Saúde de Itapetinga é avaliada com nota 9,46 no Previne Brasil

  

primeiro semestre de 2023 foi de muitos avanços para a atenção primária de Itapetinga. De acordo com a avaliação de desempenho realizado pelo Governo Federal através de Previne Brasil, o município conquistou nota 9,46, no primeiro quadrimestre do ano, valor bem acimada média estadual, que não chega a 8. Na nossa microrregião, somos o 3º município mais bem avaliado.
A avaliação do Governo Federal é obtida através da análise dos sete indicadores de saúde que avaliam a qualidade do serviço de Atenção Primária em cada município. Entre os indicadores estão o percentual de consultas pré-natal; avaliação de sífilis e HIV durante o pré-natal; saúde bucal de gestantes; exames preventivos; vacinação de pólio e pentavalente em crianças menores de 1 ano e acompanhamento de hipertensão arterial e diabetes.
O aumento dos índices é resultado de um trabalho de melhoria de toda a rede. As equipes foram preparadas para um atendimento mais humanizado. Foram realizados eventos em todas as unidades de saúde da família, acolhendo a temática de cada mês. A prevenção à Hanseníase, ISTs, câncer de colo de útero e sífilis foi debatida ao longo do semestre.
O trabalho de ações educativas e de conscientização promoveu o aumento no número de exames preventivos como o citopatológico do colo uterino. No primeiro semestre, foram realizados quase 2000 desses exames. Houve também um aumento de mais de 1500 no número de cadastrados no Sistema Único.
“A gente tem desenvolvido um trabalho criterioso de aperfeiçoamento das nossas unidades de saúde. O índice do Previne Brasil retrata isso e nos coloca acima da média da Bahia e da média nacional. Na nossa regional, somos o quarto município mais bem avaliado. A gente sabe das dificuldades enfrentadas pela saúde pública em todo Brasil, mas estamos nos empenhando para levar atendimento para nossa população, principalmente no setor de responsabilidade do município, como a atenção primária”, explicou a secretária Rosânia Rabelo.











Nenhum comentário:

Postar um comentário