Semana de Conscientização sobre o Autismo promove inclusão na educação municipal - Bahia Expresso

Últimas


Ita melhor

terça-feira, 4 de abril de 2023

Semana de Conscientização sobre o Autismo promove inclusão na educação municipal

 


02 de abril é Dia Mundial de Conscientização sobre o autismo. Por isso, entre os dias 30 de março e 01 de abril, a secretaria de educação realizou atividades sobre o tema com o intuito de difundir informações, capacitar a equipe, além de acolher e ouvir as famílias dos alunos autistas da rede municipal. Mais do que isso, a secretaria se prepara diariamente para fazer uma educação inclusiva de verdade.
Reuniões, oficinas e palestras foram organizadas para debater o tema e, principalmente, preparar a equipe da rede municipal de educação para lidar melhor com os alunos com TEA. Na quinta-feira, 30, os profissionais de apoio da educação especial debateram o necessário suporte ao autista no espaço escolar. Na sexta pela manhã foi a vez dos professores do atendimento educacional especializado falarem sobre o trabalho pedagógico com alunos autistas. À noite, um encontro com pais e mães de autistas fortaleceu vínculos entre escolas e famílias, promoveu a troca de experiências e, mais do que isso, aproximou a população de um serviço que se pretende ser executado de forma cada vez mais efetiva e eficiente para o bom desenvolvimento das crianças.
“Cada autista, assim como todos nós, é único e com necessidades específicas. Por isso, a gente precisa entende-los com grupo, mas, mais e principalmente, a gente precisa entende-los como indivíduos diferentes. Capacitar os profissionais que lidam diariamente com essas diferenças é essencial para que promovamos uma educação de qualidade que consiga chegar a todos os nossos alunos sem distinção e para que possibilitemos o desenvolvimento pleno de cada um deles”, explicou Rosana Moreira Novaes Silva, Coordenadora técnica da Secretaria de Educação.
“A gente tem buscado maneiras de acolher uma demanda cada vez mais crescente por educação especializada. Além do trabalho do CAEE (Centro de Atendimento Educacional Especializado), as nossas escolas têm oferecido o suporte necessário para garantir o direito desses nossos alunos, apoiar as famílias e para que crianças com qualquer tipo de deficiência se desenvolva de maneira integral”, afirmou o secretário Fábio Viana.









Nenhum comentário:

Postar um comentário