Curso de Gastronomia realizou Seminário de Especiarias na Faculdade de Ilhéus - Bahia Expresso

Últimas


Ita melhor

segunda-feira, 20 de março de 2023

Curso de Gastronomia realizou Seminário de Especiarias na Faculdade de Ilhéus


Uma experiência inovadora aconteceu na quinta-feira, dia 16 de março, oportunidade em que os estudantes do 1º e 2º semestres do curso de Gastronomia da Faculdade Madre Thaís realizaram o I Seminário de Especiarias, no Salão Gourmet da Faculdade de Ilhéus, que contou com a participação de membros do Clube do Vinho Jorge Amado. O evento foi organizado pelo coordenador do curso de Gastronomia, professor André Cabral.
Segundo o professor André Cabral, "o desafio foi utilizar especiarias não usais no dia a dia em receitas que não são utilizadas essas especiarias, buscando desafiar os alunos no uso da criatividade e pesquisa para desenvolver pratos e agregar conhecimentos específicos".
O Clube do Vinho Jorge Amado, fundado em 2009, reúne empresários, gerentes da hotelaria, profissionais liberais, comunicadores e apreciadores de vinhos. André Cabral explicou que o convite ao Clube do Vinho teve como objetivo tentar harmonizar tantas receitas complexas e diversas com os vinhos rosés, brancos e espumantes.
Durante o seminário, foram servidos quatro pratos salgados e sete pratos doces. Cada estudante apresentou o seu prato e falou das propriedades, benefícios, origem e curiosidades da especiaria previamente sorteada para a criação da iguaria a ser apreciada pelos convidados.
Pratos - A apresentação do prato Costela suína com creme de milho, foi feita pela discente Elane de Jesus Santos, que usou o anis estrelado; Minitorta de maça com pimenta Síria foi apresentada pelo estudante Gabriel de Moura Tognon; Patê de fígado de frango ao vinho do Porto, com kummel, por Áttila Ribeiro Seabra Eiras; Panna Cotta de doce de leite com pimenta da Jamaica e calda de caramelo por Vitória Catarina Fiscina de Oliveira Macêdo; Minibolo de laranja com alecrim por Paula Verena Carneiro Cordeiro.
Os demais pratos apresentados foram: Carolinas com recheio de cardamomo pela estudante Amanda Souza Ribeiro Menezes; Frango ao molho de zimbro por Clícia Santos de Jesus Moraes; Bala baiana com capim-limão e wasabi por Lara de Oliveira Souza dos Santos; Camarões salteados ao garam masala acompanhado de purê de abóbora por Lorena Vasconcelos de Oliveira; Cocada mole com creme de cúrcuma por Jamylle Duarte Martins; e Trufa de chocolate com recheio de grão de mostarda amarelo por Camilly Sousa Luz.
Para a professora Solange França, que ministra a disciplina Cultivo de Especiarias, Corantes e Guaraná no curso de Agronomia da Uesc, o evento foi perfeito "no sentido de valorização dos produtos que podem ser cultivados aqui na região, como cardamomo, a pimenta rosa, a pimenta da Jamaica. São vários produtos que podem fortalecer a agricultura familiar, trazer renda para o produtor e que podem ser utilizados na culinária. É essa a importância de mencionar a geração de renda para a agricultura familiar e ter uma incorporação dessas especiarias na alimentação, é fundamental. Os pratos estavam maravilhosos, mas sou suspeita pois eu adoro cardamomo. Gostei muito do prato com cardamomo.", acrescentou.
E para o advogado e gourmet Plínio Brandão Torres, o minibolo de laranja com alecrim estava sensacional e "o prato que mais se harmonizou com todos os vinhos foi a receita de Átilla Eiras", Patê de fígado de frango ao molho de vinho do Porto, com Kummel. Ele elogiou o prato da costela suína e disse que as carolinas foram escolhidas por sua mesa como o melhor doce, com nota altíssima também para a torta de maçã elaborada por Gabriel; e ainda falou que o chocolate com mostarda estava muito legal.
A empresária Cida Aguilar, da Terra Boa Hotel Boutique, de Itacaré, não hesitou em afirmar que o prato que mais apreciou foi a receita de "costela suína com creme de milho, com anis estrelado", elaborado por Elane Santos. A mesma opinião foi expressa pelo comunicador Erivaldo Vila Nova "o prato que veio preparado com anis estrelado foi o que mais gostei. Para nós, que estávamos bebendo vinho, ele harmonizou muito bem. Mas todos os pratos estavam muito bem-feitos, muito bem-preparados e muito bem-dosados. Teve duas situações, a cúrcuma e o alecrim. A cúrcuma é uma especiaria que tem que ter muito cuidado ao usar, e o alecrim da mesma forma. Os dois estavam bem dosados e não alterou os pratos."
Na finalização do evento, o presidente do Clube do Vinho, José Augusto Carvalho disse que eles tentaram várias harmonizações "e foram poucas que coincidiram, devido a solicitação de apenas três tipos de vinho: espumante, branco e rosé. Nem todos eles harmonizaram com todos os pratos, e isso não quer dizer que os pratos que vocês apresentaram, doces ou salgados, não foram excelentes. Sim, todos excelentes! Foram feitos no capricho. Quero agradecer não só a coordenação, mas ao nosso confrade Áttila, que é um dos estudantes, e que nos convidou para que estivéssemos aqui.".
O professor José Augusto destacou ainda que "O sabor tanto do alecrim quanto do cardamomo estava fora de série; os outros também muito bons. Acho que é importante, não só com pessoas ligadas à gastronomia, mas que pessoas de outras áreas estejam presentes para avaliar, estimula muito os alunos. Excelente a iniciativa", enfatizou. Os vinhos servidos na degustação foram ofertados pelos membros do Clube do Vinho Jorge Amado.
Durante o seminário, o estudante Áttila Eiras solicitou aos donos de restaurantes, pousadas e hotéis, que acolham os estagiários que cursam gastronomia na Faculdade Madre Thaís, agora sob a gestão do Grupo da Faculdade de Ilhéus. A solicitação foi muito bem recebida pelos convidados que, inclusive, foram unânimes em pleitear uma nova degustação, já marcada pelo Chef André Cabral para o dia 16 de junho.
Por sua vez, o gerente de A&B do Jardim Atlântico Beach Resort, Cléber Aguiar, destacou a panna cotta como leve, suave e muito bacana - adjetivo que qualificou também os pratos salgados. Na oportunidade, dirigiu-se aos estudantes "essa profissão eu estou nela há muito tempo, é uma profissão gostosa, que requer muito trabalho. Não tem sábado, não tem domingo, não tem feriado. Não desistam do sonho de vocês, é uma linda profissão. Parabéns!" Tanto a empresária Cida Aguilar quanto o gerente Cléber Aguiar disseram estar com as portas abertas dos estabelecimentos para receber os estudantes em programa de estágio.





















Nenhum comentário:

Postar um comentário