Pesquisa Atlas na Bahia: Jerônimo tem 54,8% dos votos válidos; ACM Neto, 45,2% - Bahia Expresso

Últimas


terça-feira, 25 de outubro de 2022

Pesquisa Atlas na Bahia: Jerônimo tem 54,8% dos votos válidos; ACM Neto, 45,2%

 Levantamento ouviu, via recrutamento digital aleatório, 2.000 eleitores, entre os dias 18 e 22 de outubro; margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos 

 

Os candidatos ao governo da Bahia Jerônimo Rodrigues (PT) e Antônio Carlos Magalhães Neto (União Brasil) Arte CNN


Pesquisa A Tarde/Atlas Intel para a eleição ao governo da Bahia, divulgada neste domingo (23), traz o ex-secretário estadual de Educação Jerônimo Rodrigues (PT) à frente, com 54,8% dos votos válidos, e o ex-prefeito de Salvador ACM Neto (União Brasil) tem 45,2%. O segundo turno das eleições acontece em 30 de outubro.
Os votos válidos, que excluem os votos em branco e nulos, determinam o resultado das eleições. Nas disputas para presidente e governador, o candidato que atinge mais de 50% dos votos válidos vence o pleito.
Contratada pelo grupo A Tarde, a pesquisa entrevistou, via recrutamento digital aleatório, 2.000 pessoas entre os dias 18 e 22 de outubro. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais e para menos. O nível de confiança é de 95%.
A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BA-06502/2022.
Considerando os votos totais, Jerônimo tem 53,2%, contra 43,8% de ACM Neto. Brancos e nulos somam 1,6%; 1,4% não souberam responder.
Pesquisas eleitorais mostram uma tendência e, não necessariamente, correspondem ao resultado das urnas. Não é uma ciência exata e as amostragens são limitadas. A CNN Brasil divulga os dados de 11 institutos tradicionais por entender que as pesquisas são uma ferramenta importante para análise do eleitor.


Segundo turno


Votos válidos

Jerônimo Rodrigues (PT) – 54,8%
ACM Neto (União Brasil) – 45,2%


Votos totais

Jerônimo Rodrigues (PT) – 53,2%
ACM Neto (União Brasil) – 43,8%
Brancos e nulos – 1,6%
Não sabem – 1,4%

Nenhum comentário:

Postar um comentário