INTOLERÂNCIA POLÍTICA: BOLSONARISTA REMOVE INTEGRANTE DE GRUPO NO WHATSAPP POR SER PETISTA Por Danilo Matos Publicado em - Bahia Expresso

Últimas


quarta-feira, 12 de outubro de 2022

INTOLERÂNCIA POLÍTICA: BOLSONARISTA REMOVE INTEGRANTE DE GRUPO NO WHATSAPP POR SER PETISTA Por Danilo Matos Publicado em

 

Um homem, identificado por Ioney, viralizou na rede social na noite desta terça-feira, (11). O cidadão, integrante da campanha de Jair Bolsonaro (PL), removeu um integrante em um grupo no WhatsApp por ser apoiador da campanha de Lula (PT). A forma do bolsonarista de isolar a pessoa e impedir o diálogo gerou muitas críticas. O grupo era destinado à divulgação de notícias em Ilhéus e região.

Após remover o participante, Ioney enviou ao grupo um áudio “Boa noite. Este cidadão estava apoiando o governo de Lula e PT na Bahia, e eu não estou de acordo. Retirei ele do grupo. Me colocaram como um dos administradores do grupo, não achei certo e retirei ele.” Enfatizou.

Tocador de áudio
00:00
00:00
Tocador de áudio
00:00
00:00
Tocador de áudio
00:00
00:00

Ressalta-se que a tolerância política é a expressão comportamental do acesso legalmente garantido a liberdade de opiniões, excluídas aquelas opiniões que pregam violência e afrontam a existência do regime democrático.

As atitudes e comportamentos intolerantes disseminados em grupos de whatsapp comprometem a extensão da liberdade democrática, em especial o direito de indivíduos e grupos de expor e debater publicamente suas ideias.

A intolerância seja de qualquer espécie, religião, raça, orientação sexual, política ou cor, todo tipo de preconceito deve ser combatido para, no futuro, haver uma sociedade mais igualitária e livre.

O momento exige que os candidatos à Presidência da República se unam em um apelo conjunto por paz e tolerância no 2° turno das eleições deste ano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário