ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Marão defende ajuda federal para “salvar” setor de transporte coletivo de Ilhéus



O prefeito Mário Alexandre (Marão) voltou a questionar o sistema público de transporte de Ilhéus. Na última semana, o Município notificou mais uma vez as concessionárias e cobrou a retomada imediata de 100% da frota. O gestor ressaltou que além de exigir melhoria do atendimento prestado aos usuários, as notificações visam garantir a circulação dos ônibus na zona rural aos finais de semana, posicionamento já assumido pelas empresas responsáveis pelo serviço.
Contudo, segundo frisou, o funcionamento regular da frota não depende apenas das determinações e reinvindicações apresentadas pela Prefeitura. É necessário unir forças para salvar as empresas. Ele lembrou da existência de um projeto de lei que tramita na esfera federal, cuja proposta é conceder verbas e benefícios fiscais, a fim de evitar o colapso do sistema público de transporte em várias cidades brasileiras.
Para Marão, o auxílio federal é a decisão mais assertiva neste momento e representa uma saída emergencial para dar fôlego ao sistema. Como se não bastassem os prejuízos causados desde o início da pandemia, as empresas enfrentam a alta no preço dos combustíveis. Mesmo envidando todos os esforços, sozinha, a Prefeitura não consegue impedir a falência do setor. “Ilhéus não é a única cidade que sofre com a defasagem. Hoje, esse é o maior problema enfrentado por diversos municípios da Bahia e do Brasil”, explicou o prefeito.
O Executivo precisou pagar parcela da conta provocada pela pandemia, ainda que não seja obrigação da gestão municipal subsidiar o transporte público. Marão destaca que os efeitos negativos atingem a todos, desde as empresas que estão na iminência de suspender as operações por falta de financiamento, até os passageiros, que estão insatisfeitos com a qualidade do serviço oferecido.

Nenhum comentário