ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Donos de bares investem em estrutura para aumentar lucros com jogos da Copa do Mundo

[Donos de bares investem em estrutura para aumentar lucros com jogos da Copa do Mundo]

A menos de 24h para o Brasil estrear na Copa do Mundo de 2018, os bares de Salvador já estão todos com as cores da seleção brasileira e preparados para transmitir os jogos durante todo o torneio. Esta é a estratégia que os donos dos estabelecimentos adotaram para atrair mais clientes nesse período. 
‘’Estamos respirando futebol, toda hora que o cliente vier aqui vai ter futebol’’, ressaltou o sócio do boteco Mais Amado, Paulo Costa, 48 anos. Ao BNews, Paulo contou que espera que o período da Copa ajude a recuperar os prejuízos que o mês de maio trouxe e por isso decidiram investir em estrutura e ornamentação para atrair mais clientes.  ‘’A gente decorou já tudo aqui. Com a união da Copa e São João, com o objetivo de ampliar. A gente quer aumentar no mínimo de 30 a 40% de faturamento nesse período, em comparação ao mês de maio que foi muito baixo.’’ 
No entanto, o gestor pontuou que os horários dos jogos não coincidiram com o horário de abertura do bar, mas que para isso o estabelecimento será aberto mais cedo ‘’Eu necessito abrir a estrutura uma ou duas horas antes da chegada do público. Então um jogo de 9h da manhã eu tenho que abrir 7h da manhã. Estamos mudando toda a infraestrutura pra se adequar aos horários’’, afirmou. 
Para Paulo Costa todo esforço para trazer e manter os consumidores no boteco é válido, além de música ao vivo após os jogos. ‘’Estamos respirando futebol, toda hora que ele vier aqui vai ter futebol. Aqui no Mais Amado colocamos três televisões, investimos nos equipamentos mais pesados com esse objetivo. Os outros começaram a fazer a mesma coisa, é contagioso.  A gente quer ter hoje 100% de ocupação, tentar encher ao máximo, a gente quer transformar esse período num período de altíssima estação’’.  
E não é só Paulo, o proprietário do bar Pai Inácio, Daniel Dumas, 41 anos, também está apostando no torneio para aumentar a porcentagem de lucros do estabelecimento. ‘’Com a expectativa do jogo, que começa às 15h, acredito que a casa esteja cheia a partir de 12h, porque vamos colocar feijoada, uma coisa que a gente não costuma botar, pra atrair o público, que graças a Deus, as reservadas já estão todas preenchidas’’. 
Se depender da torcedora, Luciene Silva dos Santos, 42 anos, que neste sábado (16) já está entrando no clima da Copa assistindo a Argentina, todos os jogos ela marcará presença ‘’Eu gosto muito de futebol, acompanho os jogos. Inclusive amanhã vou está trabalhando, mas vou assistir ao jogo lá e estou com a esperança do Brasil levar, vencer’’. 
Em contrapartida, o fisioterapeuta, Gilmar Rodrigues dos Santos, 32 anos, confessou que não está animado para a Copa por causa da situação em que o Brasil se encontra. ‘’Animação na verdade não está muito lá em cima não, por causa dos problemas que nosso país está passando, isso influenciou também’’. 
No bar Caranga, localizado no bairro da Pituba, as preparações começaram há um mês, em cima da hora comparado a Copa de 2014, segundo o gerente, Agnailton Lima da Silva, 32 anos. Entretanto, o estabelecimento não economizou para proporcionar atendimento de qualidade e atrair o público. ‘’Estamos investindo em telões, toldos, para dar a melhor assistência possível para os clientes. A gente começou a se preparar um mês antes da copa, toda a estrutura montada já, de atendimento a preparação da cerveja bem gelada’’.  
 

Nenhum comentário