Para juiz, Garotinho ‘acredita que está acima da lei e da ordem’ - Bahia Expresso

Últimas


Ita melhor

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Para juiz, Garotinho ‘acredita que está acima da lei e da ordem’


Ex-governador Anthony Garotinho (PR)
Ao decretar a prisão preventiva do ex-governador Anthony Garotinho (PR) o juiz da 100.ª Zona Eleitoral do Rio, em Campos, Glaucenir Silva de Oliveira apontou que o político ‘acredita que seu poder está acima da lei e da ordem’. A avaliação do magistrado leva em conta as provas contra Garotinho juntadas na investigação da Operação Chequinho, além de outras investigações criminais contra o secretário de Governo Campos dos Goytacazes, já condenado em primeira instância por formação de quadrilha, e a suposta influência dele sobre veículos da imprensa local. “É público e notório que toda vez que o réu tem seus interesses contrariados pela Justiça, ocupa-se de tentar denegrir a imagem de magistrados, imputando-lhes a pecha de suspeitas para julgar os processos em que ele ou pessoas ligadas diretamente a ele são réus”, crava o juiz ao analisar os motivos do decreto de prisão preventiva de Garotinho. Além das provas de que o político teria comandado com ‘mão de ferro’ um esquema de compra de votos para vereadores e candidatos aliados na eleição deste ano em Campos por meio da distribuição do Programa Cheque Cidadão, o magistrado levou em conta também os relatos de ameaças a testemunhas que revelaram o esquema, e as escutas telefônicas autorizadas pela Justiça que flagraram o político conversando com outras autoridades. Já tendo ocupado os cargos de governador do Rio, deputado federal e prefeito do município, chamou a atenção do juiz eleitoral a forma como Garotinho utilizaria veículos da imprensa local para criticar seus adversários e o próprio trabalho do Ministério Público e do Judiciário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário