Lava Jato acha ‘rabiscos’ na agenda marrom de executivo preso em Cumbica - Bahia Expresso

Últimas


Ita melhor

quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Lava Jato acha ‘rabiscos’ na agenda marrom de executivo preso em Cumbica


Anotações inteiras foram encobertas com tinta de caneta
A Polícia Federal encontrou com o executivo Mariano Ferraz, detido no Aeroporto Internacional de São Paulo em Guarulhos/Cumbica quando estava prestes a embarcar para Londres na quinta-feira, 27 de outubro, uma agenda marrom com referência a vários países. Nas 105 páginas do caderno, porém, quase todas as anotações estão rabiscadas a caneta e muitas palavras, encobertas, ficaram ilegíveis. É possível identificar apenas referências a vários países e cidades, como Paris, Luanda, Genebra, Mônaco e Rio, indicando a intensa rotina de viagens do executivo suspeito de pagar 725.62€ mil em propinas ao ex-diretor de Abastecimento da Petrobrás Paulo Roberto Costa por meio de transferências no exterior. Esses repasses caíram em contas do genro do ex-diretor da estatal petrolífera. Peritos federais deverão analisar a agenda para tentar recuperar as informações nela contidas. Investigadores suspeitam que Ferraz teria deliberadamente riscado página por página do seu bloco com intuito de ocultar a identidade de seus contatos ou até mesmo dados que possam levar a Lava Jato a novas descobertas. Ferraz é executivo da Trafigura, uma empresa internacional que movimentou 7.8€ bilhões em compras e vendas de combustíveis com a Petrobrás entre 2003 e 2015. Ele também representa a Decal, empresa que possui contratos de aluguel de tanques com a estatal.Leia matéria completa clicando aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário