Vai ter que se explicar - Delegado vai ao 'BBB' após brother confessar homicídio pra todo Brasil - Bahia Expresso

Últimas


Ita melhor

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Vai ter que se explicar - Delegado vai ao 'BBB' após brother confessar homicídio pra todo Brasil

A Delegacia de Homicídios do Rio de Janeiro vai ao Projac nos próximos dias para ouvir um dos participantes do Big Brother Brasil 15. O carioca Luan Patrício (foto), de 23 anos, afirmou ter matado um menor de dezesseis anos no Complexo do Alemão, enquanto servia o Exército, em 2010. Na ocasião, Luan integrava o 8º Grupo de Artilharia que ocupou as favelas da região. O Exército nega que tenha havido qualquer morte em confronto com esta unidade. Mas a polícia quer ouvir os detalhes da história que Luan contou apenas superficialmente diante das câmeras para o país inteiro ouvir.
MÃE DEFENDEU O FILHO - Surpresa com a notícia, a mãe do brother, Kátia dos Santos, amenizou a situação e disse que era "uma questão de defesa". "Eu não sabia, tomei conhecimento quando ele falou dentro da casa. Levei um susto, fiquei surpresa e pensando no risco que ele correu. Mas, ou ele matava, ou morria. O próprio superior dele falou que o Luan precisava se defender. Era a obrigação dele como militar. Meu filho não fez nada de ilegal".

Nenhum comentário:

Postar um comentário