ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Ibicaraí: Virgínia Martins brilha nos palcos do Rio de Janeiro

 Por: YURI CURVÊLO


Virgínia Martins, Regina Navarro Lins e Susi Cantarino

Como se relacionar desconstruindo o amor romântico idealizado? Este é um dos muitos questionamentos de “Miss Eloquência”, personagem que está debutando na solteirice e vive uma saga para entender o porquê dos tantos desencontros amorosos por ela vivenciados. A comédia dramática, que mistura o stand up e teatro contemporâneo e documental, estreou na quarta (17), na Casa da Glória, com temporada até 9 de dezembro.
Virgínia já protagonizou o Curta Sitiados, com Milhem Cortaz e Babu Santana, produzido por Cavi Borges, em 2010, com experiência em vários festivais de cinema, inclusive internacionais. Exerceu a função de assistente de câmera no longa “Bonitinha, mas Ordinária” (Nelson Rodrigues), dirigido por Moacyr Góes, com Letícia Colin, Leandra Leal e João Miguel no elenco. Na TV, já participou de programas como Blind Trip, De Cabelo em Pé e 220V, no Multishow. No âmbito social, realizou diversos projetos. Em 2015, fundou o grupo Quimionautas, que faz peças em hospitais para crianças em tratamento de quimioterapia. Realizou projetos internacionais e levou seis dos seus alunos de teatro do Pavão-Pavãozinho para representar o Brasil na Polônia, num encontro chamado “Brave Kids”. Além de ter idealizado e realizado “HotaVie Theater Delivery – No Border in the World”, com uma atriz japonesa, morando num orfanato e fazendo peças em escolas no Nepal. Em 2019 fez um trabalho na Jordânia, que consistia em dar aula de teatro para crianças refugiadas de países como Irã e Iraque. Também realizou aulas de teatro para crianças em vulnerabilidade na sua cidade natal, Ibicaraí- BA.

Veja nas fotos de Bruno Mello e Bia Sampaio.

José Saturnino Neto, Virgínia Martins e Malu de Martino

Ricardo e Susi Cantarino com José Antônio Macdowell

Virgínia e Livian Das Valias
Regina Navarro Lins, Virgínia Martins e Bia Sampaio

Nenhum comentário