ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Sessão itinerante: política pública ou oportunismo?






Hoje, quarta-feira(13), os vereadores deixarão o plenário Gilberto Fialho, no Palácio Teodolindo Ferreira, e irão até o distrito de Inema, onde ocorrerá a primeira Sessão Itinerante do ano, reunindo as comunidades de Inema, Pimenteira e adjacências. A escolha da primeira sessão itinerante no distrito de Inema.
A iniciativa parte do Presidente Jerbson Moraes (PSD) e, à princípio, parece algo importante para a comunidade. Entretanto, percebe-se que somente há 2 meses do início do recesso a ação será efetivada, justamente em um período que começam as movimentações para as campanhas eleitorais do próximo ano.
A proposta de interiorização do Poder Legislativo é muito importante e inclusive já deveria ter sido feita há anos, no início da gestão do Presidente, por exemplo. Porém, uma política pública como essa não pode ter data marcada para acabar e o período vigente coincide justamente com o período pré-eleições de 2022.
As eleições se aproximam e fica a dúvida se são políticas públicas de interiorização e aproximação da população ou se é mais uma atitude populista buscando palco para ganhar voto às custas de uma população carente de atenção.
As demandas dos distritos de Ilhéus continuam sendo pouco ou quase nada atendidas, inclusive referente ao transporte público que mal chega às localidades mais afastadas. Por outro lado, os vereadores buscam suprimir isso com idas restritas e breves para se aproximar da população. O típico palanque eleitoral está se montando em favor do Presidente Jerbson para favorecer as eleições do seu grupo, incluindo Soane Galvão, esposa do seu amigo Mário Alexandre.

Nenhum comentário