ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Coordenadores da saúde básica de Ilhéus chegam alcoolizados e criam transtorno no P.A da Conquista por não ter médico para lhes atender






Na madrugada deste sábado para domingo, mais precisamente 1:00h aconteceu um fato bem inusitado no Pronto Atendimento (PA) da conquista intitulado como UPA.
Um grupo de coordenadores da atenção básica de saúde pública de Ilhéus, chegou alcoolizado, criando um certo transtorno, pelo fato de não ter médico no PA e os membros do grupo queriam que as funcionárias aplicassem remédios em sua amiga de trabalhado que também é coordenadora e que estava também aparentemente alcoolizada, tudo isso foi relatado em vídeo por outra funcionária que não quis agir de forma incorreta por não ter nenhum médico para atender pacientes que chegassem com qualquer problema de saúde.
O grupo queria ainda ligar para um médico provavelmente amigo, para prescrever algum remédio para sua amiga coordenadora, após perceber que a funcionária não lhes daria privilégios, um dos coordenadores ainda iniciou uma gravação de vídeo tentando intimidar a ação CORRETA da funcionária do PA dizendo que a mesma estava negligenciando atendimento, quando a mesma informava que não poderia prescrever e/ou aplicar medicamentos sem a presença do médico.
De acordo com informações, o secretário teve que ir ao local para atender a todos, inclusive a subsecretária que estava na cadeira em situação ainda pior.

Um local para receber o nome de UPA tem que funcionar de fato, com médicos entre outros funcionários 24h, além de cumprir todos estes requisitos (clique aqui), portanto aquela unidade da conquista, de UPA só tem o nome.

Tentamos entrar em contato com a Secretaria de saúde para esclarecimentos, mas até o momento não obtivemos retorno.

O site Bahia Expresso está aberto para que as funcionárias possam se esclarecer em nota.

Nenhum comentário