ÚLTIMAS NOTÍCIAS

A susposta assessora fantasma, e o silêncio da comissão de ética sobre o caso.

 

Uma suposta assessora fantasma do presidente da câmara de vereadores de Ilhéus, faturou no mês de Janeiro e Fevereiro cerca de R$27,499(vinte e sete mil e quatrocentos e noventa e nove reais) a jovem Tatiane de Jesus Brasileiro, que tinha laços familiares com o Jerbson Moraes, faturou essa quantia em dois meses.
O mais estranho disso, é que ela foi a ùnica assessora que faturou uma quantia tão alta em um curto período de tempo, pois a média de um salário de um assessor é de cerca de 1 salário mínimo e meio, e o mais estranho nisso é que a suposta assessora fantasma mora em Salvador.
O presidente da câmara exonerou a assessora fantasma no mês de Fevereiro, logo após os veiculos de comunicação ter disparados a notícia, o que é mais estranho nisso é que a seção de ética da câmara de vereadores, não fez nada até agora, nem se quer fez uma investigação para saber de o porquê a Tati Brasileiro ganhava esse salário todo.

Agora, vamos fazer uns questionamentos:

Por quê nada fizeram ainda? Será que é por quê o JM é o presidente da câmara, e estão com medo de represálias?
E agora, qual o motivo para ter ganhado esse valor todo? O que ela fazia?

Perguntar não ofende.

Um comentário:

  1. Onde deveria haver fiscalização e proteção às leis ocorre desmandos com possíveis ações de corrupção.
    Lamentável cidade!

    ResponderExcluir