ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Presidente do BB pode entrar em inquérito do STF por publicidade em sites de notícias falsas


Foto: Divulgação


O presidente do Banco do Brasil, Rubem Novaes, pode parar no inquérito de fake news do Supremo Tribunal Federal (STF). De acordo com a coluna Painel, da Folha de S. Paulo, o Tribunal de Contas da União (TCU) analisa o repasse de verba do banco para sites acusados de publicar notícias falsas.
Auditores do TCU levantaram que o Banco do Brasil executou cerca de R$ 119 milhões com publicidade na internet, contando com os sites de notícias falsas. O caso está com o ministro Bruno Dantas e deve ter uma primeira decisão nesta quarta-feira (27). 
Na reunião ministerial do dia 22 de abril, o presidente do BB chamou o TCU de "usina de terror".

Nenhum comentário