ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Faroeste: Julgamento de desembargadores deve durar pelo menos dois dias no STJ


Foto: Max Haack / Ag Haack / Bahia Notícias


O julgamento dos desembargadores do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), investigados na Operação Faroeste, deve durar pelo menos dois dias na Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça (STJ). A informação foi obtida por fontes do Bahia Notícias. 
O tempo de julgamento mínimo previsto é diante da complexidade dos fatos e do número de réus no processo. O julgamento será iniciado no dia 6 de maio e deve se estender, inicialmente, até o dia 7 de maio. O prazo pode ser superior se houver pedidos de vista. Em dezembro de 2019, o Ministério Público Federal (MPF) denunciou 15 pessoas envolvidos em um esquema de venda de sentenças e tráfico de influências na disputa de mais de 300 mil hectares de terras no oeste baiano. 
Entre os magistrados presos estão a ex-presidente do TJ-BA, desembargadora Maria do Socorro, que já tentou ser solta através de habeas corpus no Supremo Tribunal Federal (STF) e Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Nenhum comentário