ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Após consulta interna, PP pode mudar de nome e se chamar Progressistas

Foto: Divulgação

Em uma onda que começou com o PFL, que virou Democratas, e continuou com a mudança do PTN para Podemos e do PTdoB para Avante, o Partido Progressista (PP) deve ser o próximo a mudar de nome. A sigla pode passar a se chamar Progressistas, após uma consulta realizada internamente apontar o apoio à troca. Segundo o deputado federal Cacá Leão (BA), o assunto será discutido pela executiva nacional do partido. “A aprovação foi muito grande. Acho que é bom para os dias de hoje esta renovação, principalmente em um momento de demanda por renovação no modelo político”, afirmou o parlamentar, em entrevista ao Bahia Notícias. Para ele, entretanto, a retirada do termo partido do nome da agremiação não significa uma tentativa de diluir a rejeição do brasileiro ao modelo político-partidário atual. “Não acho que a retirada de partido muda a rejeição. O que resolve é mudança de rumo, de atitude”, avaliou. O deputado também se mostrou favorável à proposta do “distritão”, aprovada na última quarta-feira (10) pela comissão especial que discute a reforma política na Câmara dos Deputados. Caso ela seja aprovada, os candidatos mais votados serão eleitos, ao contrário do atual modelo, em que os eleitos são definidos pela soma do número de votos de todos os candidatos e da legenda. Essa norma favorece a eleição de candidatos com baixa votação e que acabam se elegendo na esteira de outros que receberam grande número de votos. Na opinião de Cacá, quem critica o “distritão” são aqueles que têm “medo de voto”. “Eu sou completamente favorável [ao distritão]. Principalmente em um momento em que a gente precisa de legitimidade. A legitimidade se dá através do voto. O discurso de que o distrtitão favorece quem está no poder é o discurso de quem tem medo de voto. Se se fala em renovação, por que vem a favorecer quem está no cargo?”, questionou.

Nenhum comentário