ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Tiririca é acusado de assédio sexual; deputado alega extorsão

Tiririca-Foto-Agencia-Brasil
Tiririca-Foto-Agencia-Brasil

O deputado federal Tiririca (PR-SP) é acusado de assédio sexual por uma ex-funcionária. De acordo com o jornal Extra, Maria Lúcia Gonçalves Freitas de Lima, de 41 anos, entrou com uma reclamação trabalhista e registrou ocorrência na 10ª Delegacia de Polícia de Brasília.
O político negou o ato alegou que a mulher quer levar “vantagem econômica indevida” a partir dos “fatos inverídicos”. Caso não lhe entregasse a quantia de R$ 100 mil na rescisão do contrato, a ex-auxiliar teria prometido prejudicar o parlamentar-palhaço.
Como dispõe de foro privilegiado, o processo foi enviado ao Supremo Tribunal Federal (STF) em 20 de junho e distribuído oito dias depois ao ministro Celso de Mello, que retirou o sigilo dos autos.
Segundo a documentação, a doméstica foi demitida por consumir bebida alcoólica no expediente e todos os débitos trabalhistas foram quitados.

Nenhum comentário