ÚLTIMAS NOTÍCIAS

A Prefeitura se reúne com representantes do Top Park e assegura serviços ao loteamento




Representantes do Loteamento Top Park, localizado na região Oeste de Itabuna, próximo ao Bairro Urbis IV, estiveram reunidos nesta segunda-feira (24), com representantes da Prefeitura Municipal para articularem serviços essenciais por parte do poder público naquela localidade.
Participaram da reunião os secretários municipais de Governo, Josué Brandão Júnior, e de Planejamento, Sônia Fontes, além do supervisor de Assuntos Estratégicos da Secretaria de Governo, José Thiago Silva, o diretor de Projetos da Secretaria de Planejamento, Rosivaldo Pinheiro, o primeiro-secretário da Associação de Moradores do Top Park, Davidson Rocha, e Cleide Leandro, proprietária de um dos lotes e integrante do Conselho da Associação de Moradores.
Ao expor as demandas e atual situação do Loteamento, Davison Rocha revelou que desde que Top Park foi lançado como o primeiro bairro planejado de Itabuna, o que passou a falsa ideia de que aquele empreendimento é um condomínio fechado.
Segundo afirma, o município necessita assegurar à comunidade do local serviços públicos importantes, “por se tratar de um bairro como todos os demais de Itabuna, com acesso livre aos transeuntes e, inclusive, com a disponibilização dos seus equipamentos urbanos já existentes às comunidades vizinhas, como campos de futebol e áreas de lazer”.
Ele informou que algumas demandas reprimidas vêm sendo supridas aos poucos pela atual gestão, a exemplo da organização do serviço de coleta de lixo e estruturação do serviço de cobertura da rede de energia. “Hoje, o Loteamento já conta com cerca de 30 famílias residentes, com perspectiva de que até o final deste ano sejam 100, considerando que 100% dos lotes colocados à venda na primeira etapa do projeto foram vendidos e muitas construções estão em andamento, inclusive alguns empreendimentos comerciais”, argumentou Rocha.
Entre as demandas apresentadas, está a nomenclaturas e definição de Códigos de Endereçamento Postal (CEPs) dos logradouros, sinalização horizontal de ruas e avenidas, regularização do serviço de abastecimento de água entre os moradores, que ainda não possuem hidrômetros instalados, assunção por parte da Empresa Municipal de Águas e Saneamento (Emasa) da estação de tratamento de esgoto, bem como ampliação e manutenção do sistema de iluminação pública.
A secretária de Planejamento, Sônia Fontes, explicou que algumas das demandas apresentadas são legítimas e até urgentes, como a nomenclatura dos logradouros com os seus respectivos CEPs, o que dá legitimidade a um direito essencial de todo cidadão de ter endereço completo. “O processo, contudo, não depende somente do Executivo Municipal, mas também e principalmente de um projeto de lei que seja votado e aprovado pela Câmara Municipal de Itabuna”, disse. A secretária garantiu que irá interceder junto ao Poder Legislativo para que esse trâmite aconteça de maneira ágil e, junto aos Correios, para que sejam definidos os CEPs das vias.
O secretário de Governo Júnior Brandão, disse que encaminhará, através de sua Secretaria, um documento para as demais pastas da atual administração municipal, bem como as fundações e autarquias para que, assim, a localidade seja definitivamente inserida no plano de ações do governo municipal, com serviços nas áreas de Saúde, Educação, Promoção Social e Desenvolvimento Urbano.

Nenhum comentário