ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Juíza pode concorrer para prefeitura do Rio de Janeiro próximo ano


A juíza Glória Heloíza Lima da Silva é o nome preferido do governador do Rio, Wilson Witzel (PSC) para disputar a prefeitura de 2020 no Rio de Janeiro. Witzel confidenciou a deputados estaduais aliados o desejo de apoiar a candidatura de uma magistrada para a sucessão do prefeito Marcelo Crivella (Republicanos). Glória foi recentemente nomeada desembargadora no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ).
Witzel tem dito aos mais próximos que há espaço no ano que vem para a repetição do que aconteceu consigo próprio — ou seja, a vitória de um candidato sem trajetória na política. Além de Crivella, que brigará por mais um mandato, o ex-prefeito Eduardo Paes (DEM) e o deputado federal Marcelo Freixo (PSOL) também deverão estar na disputa.
Atualmente, a juíza Glória Heloiza é titular da 2ª Vara da Infância, da Juventude e do Idoso da Capital. Segundo o site do Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ), ela ingressou na magistratura em 1996 e exerceu a função de juíza titular da 22ª Zona Eleitoral, na Capital; da 30ª ZE, em Piraí; e da 89ª ZE, em São João de Meriti.
Como a Lei Orgânica da Magistratura Nacional (Loman) proíbe a candidatura de magistrados, será preciso que Glória Heloíza Lima da Silva deixe o cargo para concorrer. O desligamento deve ocorrer até abril do ano que vem, seis meses antes das eleições.
A articulação pela candidatura da juíza também coloca em segundo plano movimentos que vinham acontecendo dentro da base aliada de Witzel de olho em 2020. Os nomes do secretário de Governo, Cleiton Rodrigues, e do secretário de Educação, Pedro Fernandes, chegaram a ser especulados como nomes que poderiam ser lançados para a prefeitura.

Nenhum comentário