ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Floresta Azul: Ex- prefeita deixou debito de mais de R$ 5,5 milhões para nova gestão afirma TCM

O Tribunal de Contas dos Municípios divulgou o relatório que pediu a rejeição das contas de 2016 da então prefeita de Floresta Azul, Sandra Cardoso.
De acordo com o relatório, Sandra cometeu uma série de irregularidades no último ano de mandato à frente da gestão do município. Algumas das irregularidades chamaram mais a atenção.
O relatório do Conselheiro Raimundo Moreira afirma que administração deixou um rombo de mais R$ 5,5 milhões para administração seguinte. Por ter deixado dívida sem saldo suficiente, foi encaminhada pelo TCM uma representação ao Ministério Público.
Outra grave irregularidade apontada pelo TCM foi o estouro do limite de gastos com pessoal, que em 2016 terminou em 57,95% da receita corrente líquida. No ano, a prefeitura de Floresta Azul gastou mais de 12 milhões de reais com pessoal, mais precisamente R$ 12.051.487,39.
O TCM ainda determinou a devolução aos cofres públicos de R$ 321.770,75, devido a despesas sem comprovação ou sem processos de pagamento.
A ex-prefeita foi multada em R$ 56.400 mil pelo TCM. 
Cabe recurso à decisão do TCM. Mas o próprio relatório aponta que multas e ressarcimentos anteriores não vêm sendo pagos por Sandra.

Confira o processo de  nº 07451e17 clicando AQUI 

Extraído do Grupo Ibicaraí

Nenhum comentário